Instituição essencial à democracia, o Ministério Público Brasileiro tem na sua Escola Nacional o espaço para o pluralismo, para todos os saberes, para a sua edificação social, nas projeções do ensino, pesquisa e extensão!

Educar é arte, revoluciona, transforma, alimenta almas e destinos! A ENAMP afigura-se como um instrumento a permitir que olhos possam ver melhor, sentir melhor, descortinando o conhecimento, todos os saberes, em liberdade, autonomia, e em sintonia com o Ministério Público resolutivo, o Ministério Público que induz políticas públicas, que forma o espaço social, que transforma a realidade de seu país!

Parafraseando, Fernando Pessoa1, em Poemas Inconjuntos, de Alberto Caeiro: ‘havia janelas fechadas e todo o universo do conhecimento plural lá fora... Um sonho do que poderia ser visto, ao abrir a janela...’ Sonhos são essências da humanidade! E eles movimentaram a criação da ENAMP, a abrir as janelas! O mundo está lá fora! E a Escola Nacional do Ministério Público aqui a abrir mais essa janela, de sua revista, para arejar o universo do conhecimento...

Que os saberes neste espaço possam alimentar sempre os sonhos, a inquietude e a coragem do aprendizado e da transformação! Abram-se as janelas!

Ana Teresa Silva de Freitas,

Diretora da Escola Nacional do Ministério Público e da Escola Superior do Ministério Público do Estado do Maranhão

Promotora de Justiça - MPMA.

1 In PESSOA, Fernando. Vozes da Saudade. Cotia,SP: Vergara & Riba Editoras, 2007.

 

Convidamos os leitores a se cadastrarem no serviço de notificação de publicação da revista. Clique em Cadastro no menu superior da página. O cadastro permitirá ao leitor receber o sumário via e-mail a cada nova edição. A lista procura também reivindicar um nível básico de apoio ou de leitura da revista. Leia a Política de privacidade, que assegura aos leitores que seus nomes e endereços informados não serão utilizados para outros fins.